Associação Brasileira de Cirurgiões - Dentistas Seção Estado do Rio de Janeiro

Imprensa

Nota para a imprensa:

1 – Quais são os seus planos para o ano de 2017 e toda a sua gestão?
PROJETOS DA NOVA ADMINISTRAÇÃO
Sede própria
Cursos gratuitos
Cursos de Aperfeiçoamento com bolsas para os associados
Cursos de especialização com menores preços
Cursos itinerantes nas faculdades revertendo em benefícios para o diretório acadêmico
Apoio ao recém-formado
Engajamento em atividades comunitárias
Fóruns “Caminhos da Odontologia”
Benefícios aos Associados (descontos em lojas, teatros, cinemas, shows...)
Serviços de despachantes, jurídico e contador
Plano de saúde próprio
Previdência privada e muito mais.

2- Quais as principais demandas da categoria?
Campanha pela valorização da odontologia, com melhores salários tanto na área pública quanto na privada, reconhecimento dos nossos governantes e da sociedade para a importância social e de saúde que a odontologia e o cirurgião-dentista tem.

3 – Quantos profissionais da área existem no Estado do Rio?
Aproximadamente 35000

4- Todos têm consultório?
a grande maioria.

5 – Qual a maior dificuldade para a classe hoje?
a baixa remuneração obtida através dos convênios e planos de saúde, e também a concorrência desleal que nos fazem as clínicas e consultórios populares, que oferecem um serviço de pouca ou nenhuma qualidade, mas a preços extremamente baixos empurrando para baixo os preços de todos os demais consultórios, fazendo com que a classe tenha que praticar verdadeiro malabarismo para sobreviver com dignidade.

6 – Como a ABCD-RJ vai atuar junto às universidades?
sempre em parceria tanto com as direções, como com os diretórios acadêmicos, aproximando a academia da associação de classe, o que com certeza trará ganhos inéditos para toda a categoria.

7 – Quais as perspectivas para o formando hoje?
Infelizmente não são as melhores, pois com o mercado de trabalho saturado e a pouca oferta de emprego para os colegas as perspectivas não são as melhores, mas a ABCD-RJ irá através do dialogo com os governos estadual e municipais tentar reverter esta situação com propostas concretas de melhorias nos salários e novas oportunidades de emprego, assim como com os planos de saúde e com a ANS para a melhora dos valores praticados pelos convênios junto a classe.A ABCD-RJ dispõe de números? Sim Quantos novos profissionais saem das faculdades por ano? Cerca de 1500 no estado e 12000 no país.

8 – Qual é a relação desses profissionais com o mercado de trabalho?
Muitos não conseguem colocação e apesar de montarem consultório particular ou ficam com eles vazios ou se submetem aos preços absurdos praticados pelos planos de saúde e assim enfrentam dificuldades para sobreviver, por outro lado os cursos de pós-graduação são caros o que dificulta e às vezes até impede que o profissional se mantenha atualizado e/ou se especialize para poder oferecer um atendimento de melhor qualidade á população, seara onde nós também pretendemos atuar praticando preços mais acessíveis aos associados da ABCD-RJ nos cursos de pós-graduação.

9 – A ABCD-RJ tem proposta para melhorar a relação Odontologia/sociedade?
Com certeza, pois através de ações comunitárias e programas educativos, veiculados com a parceria da grande mídia esperamos chegar a todos os lares, escolas e comunidades fluminenses trazendo esclarecimentos importantes á respeito da saúde bucal e geral relacionada com a boca, área de atuação exclusiva do cirurgião-dentista.

10 – A ABCD-RJ planeja executar trabalhos sociais junto às comunidades mais carentes? De que forma?
Através de ações sociais completas em parceria com outras instituições e entidades mensalmente de modo a atingir a grande maioria da população carente de nosso estado.

11 – Quais os principais desafios que a ABCD-RJ terá de enfrentar?
A falta de relacionamento mais próximo com os governantes com a própria classe e com a população em geral, pois nenhuma outra entidade trilhou por este caminho anteriormente, e o relacionamento com a própria classe sempre se deu de forma vertical, o que a ABCD-RJ acredita não ser o ideal, pretendemos implantar uma administração mais participativa, com toda a classe opinando e ajudando a fortalecer a odontologia e a ABCD-RJ

12- Deixe aqui uma mensagem sua para a categoria.
Prezados colegas, estudantes de odontologia, ASB, TSB, TPD, TRO, APD e profissionais afins (fonoaudiólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros e médicos), a ABCD-RJ inicia uma nova e importante jornada, que se caracterizará por uma estratégia de relacionamento com a classe e com os associados nunca antes experimentada no Rio de Janeiro, portanto preparem-se para muitas mudanças, novidades benefícios e muitas novas emoções com a ABCD-RJ.